• Anelise Machado Schroeder

Você tem a mente milionária?


Após participar do curso intensivo, Millionaire Mind, tive a oportunidade de ter muitas percepções que até o momento nunca tinha observado e nesse artigo vou compartilhar alguns aprendizados com vocês.

O dinheiro sempre foi um tabu na nossa sociedade. Pensamos que dinheiro é algo superficial e fútil e quem se importa com dinheiro com o objetivo de ter muito são pessoas superficiais e fúteis. Temos crenças de que fazer e ter muito dinheiro é um problema ou que isso faz mal para nossa moral. Quando a verdade é que o sentimento e comportamento não estão no dinheiro, e sim nas pessoas.

Muitas vezes, nossa programação mental está voltada para ganhar pouco dinheiro ou pensar que não somos merecedores de dinheiro. De forma geral, não fomos ensinados a fazer o dinheiro trabalhar para nós e sim o inverso, nós trabalharmos para o dinheiro. E julgamos aqueles que fazem isso e que possuem muito dinheiro, como se essas pessoas fossem imorais e egoístas por terem muito. Eu mesma já fiz isso! Muitas e muitas vezes, expressei algum tipo de ironia quando escutava alguma notícia sobre pagamentos milionários de atores ou jogadores de futebol.

Você já parou para pensar qual seria o problema se você tivesse muito dinheiro?

Se você identificou algum problema, então sua resposta é a sua crença limitante.

Essas crenças fazem com que emanemos energia de que não queremos dinheiro e que o dinheiro não é bom. Mudar nosso mindset em relação ao dinheiro é o primeiro passo para uma mudança nas nossas finanças. Abrir a mente para desaprender e entender que muitas vezes as crenças que temos são as principais limitadoras das nossas finanças. Pensar que dinheiro é sim gerador de coisas boas, conforto, oportunidade de crescimento e também oportunidade de trazer impactos positivos na sociedade, principalmente para aqueles que ter dinheiro é praticamente uma possibilidade inexistente, é um pequeno passo para percebermos o dinheiro através de novas lentes, como algo bom e que merece espaço positivo nas nossas vidas.

Se considerarmos a lei universal de manifestação, de que pensamentos geram sentimentos, que geram ações e resultados, então nossa crença implica no pensamento de que dinheiro é algo ruim, isso gera sentimento negativo sobre ele e as nossas ações e resultados serão equivalentes. Logo, não teremos crescimento financeiro.

Tudo é um conjunto. A vida acontece em vários níveis (mental, emocional, espiritual e físico). O nosso interno afeta o nosso externo, em todas as áreas da nossa vida e não seria diferente com relação à finanças.

A partir do momento que você abrir sua consciência para receber o dinheiro, sentir-se merecedora dele, então você poderá ter mais atitudes positivas para que ele seja bem vindo na sua vida. Você poderá pensar em como investir para fazer o seu dinheiro trabalhar para você, e também em como fazer e ter mais dinheiro com as habilidades que já existem em você.

Ainda essa semana farei mais algum post sobre como podemos nos programar para ter ideias de como fazer mais dinheiro.

Anelise Machado Schroeder

Brasileira expatriada apaixonada por transformações de vidas. Life Coach certificada e com background em business, especialista em mulheres expatriadas.

Se você gostou do texto, curta e compartilhe nas suas redes sociais.

#brasileirasexpatriadas #morandofora #finanças #finançasfamiliar #expatriate #expat #millionairemind #mentemilionária #mindset #mentalidade

43 views

©2019 by Anelise Brazilian Coach

  • Anelise Brazilian Coach
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon